Herança

Descobrir a fórmula ideal (1963)

Para criar um automóvel competitivo é necessário um motor competitivo. Em 1963 investimos o nosso trabalho, curiosidade e conhecimento a desenvolver o motor o V12, R270E.
Este motor foi originalmente concebido para a Lotus, mas em fevereiro de 1964 a Honda soube que a empresa britânica não podia utilizar os motores japoneses. Este contratempo foi a ignição para o arranque de novos desafios.

O RA270 nasceu (1964)

Depois do contratempo da Lotus, a Honda direcionou esforços para desenvolver o seu próprio automóvel de corrida. Foi no circuito de Suzuka que apresentámos o RA270, testado por Jack Brabham, uma lenda neste tipo de competições.
No entanto, foi só nas mãos de Ronnie Bucknum que participámos no Grande Prémio da Alemanha, em Julho de 1964, mostrando que a Honda era digna de altas competições.
O sucesso é constituído por 99% de fracasso.
Soichiro Honda

Em todo este processo, houve acidentes, falhas de travões, sobreaquecimento e caixas de engrenagens danificadas. Todos estes percalços foram encarados como desafios que decidimos conquistar. A longo prazo, também se revelaram uma aprendizagem crucial para o percurso da Honda.

A Primeira conquista

A equipa da Honda, em 1965, tinha dois pilotos que ficaram para a história: Richie Ginther e Ronnie Bucknum. Foram eles que, no dia 24 de agosto desse ano, cortaram a meta do Grande Prémio do México em primeiro lugar, ao som do RA272, mostrando que não há limites e que o sucesso é tangível quando há trabalho, dedicação e, claro, fracassos.

O entusiasmo pelas corridas (1967 - 2006)

A motivação para continuar a competir cresceu e marcámos presença nas competições dos anos seguintes. Em 1967, alcançámos mais uma vitória nas pistas, muito embora já nos sentíssemos vencedores em cada corrida.
Depois desse ano fizemos uma pausa, mas nos anos 80 voltámos da melhor forma: ganhámos o Título Mundial de Construtores, em 1986, com a Williams e estabelecemos um novo recorde de 11 vitórias consecutivas, em 1988, com a McLaren.
Após vários sucessos, em 1992, a Honda retirou-se. Mas não foi fácil ficar fora das pistas, por isso, em 2000 voltámos, desta vez como fornecedores de motores altamente eficientes e como suporte de fábrica às equipas BAR e Jordan da Fórmula 1.
Até 2006, os nossos técnicos e os nossos motores, tiveram o privilégio de trabalhar com alguns dos melhores pilotos do mundo, como Surtees, Laffite, Mansell, Prost, Piquet e Senna.

A meta nunca é o fim

A decisão de participar na Fórmula 1 foi ambiciosa, nem sempre ganhámos, mas foi uma ótima forma de desenvolvermos novas ideias que se refletiram nos nossos carros comerciais.
Só assim conseguimos que correspondessem ainda melhor às expectativas dos consumidores. Este foi um caminho que percorremos à nossa velocidade, que nos levou a novas estradas e que nos fez chegar aqui. Mas estamos prontos para continuar a viagem.
Verificação Online

Preencha o formulário seguinte para verificar se existem trabalhos relativos a ações de recolha pendentes ou informações de atualização de produtos para o seu veículo.

Enviar Configuração Receberá por email um ficheiro PDF em detalhe com a configuração que acaba de fazer.
Nome*
Localidade*
Email*
Honda
Estamos a processar o seu email.
Honda
Email enviado com sucesso.
Verifique a sua caixa de correio.
Honda
Não foi possível enviar email.
Por favor, tente novamente.
Enviar Simulação e Configuração Receberá por email um ficheiro PDF em detalhe com a simulação que acaba de fazer.
Nome*
Email*
Honda
Estamos a processar o seu email.
Honda
Email enviado com sucesso.
Verifique a sua caixa de correio.
Honda
Não foi possível enviar email.
Por favor, tente novamente.
Preencha os dados para receber o catálogo.
Nome*
Localidade*
E-mail*
Honda
Estamos a processar o seu email.
Honda
Email enviado com sucesso.
Verifique a sua caixa de correio.
Honda
Não foi possível enviar email.
Por favor, tente novamente.
Novo Regulamento Geral de Proteção de Dados Para continuar a receber toda a informação exclusiva que preparamos para si, basta atualizar os seus dados e escolher a forma como pretende receber essa informação.

ATENÇÃO! Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.