Resultados
Marca

Seguro automóvel contra todos os riscos: 3 aspetos a considerar na hora de escolher

Seguro automóvel contra todos os riscos

Quando se compra um automóvel, a contratação do seguro é uma das prioridades. O seguro automóvel é obrigatório para todos os veículos com motor, existindo dois tipos de seguro: o seguro de responsabilidade civil, vulgo “contra terceiros”, e o seguro automóvel contra todos os riscos. Vamos explorar que aspetos considerar na contratação deste último.

Conheça as diferenças entre os tipos de seguros

O que distingue o seguro de responsabilidade civil do seguro automóvel contra todos os riscos? O primeiro cobre todos os elementos mínimos obrigatórios por lei. O segundo, e aquele que destacamos neste artigo, é o seguro com o máximo de coberturas possíveis.

Note que um seguro “contra todos os riscos” não é um termo 100% verdadeiro. Mesmo dentro destes contratos de seguro, há vários tipos de cobertura a considerar.

Como escolher um seguro automóvel contra todos os riscos: 3 critérios fundamentais

Para melhor escolher um seguro, deve começar por avaliar as suas necessidades e, sobretudo neste contexto de seguro contra todos os riscos, avaliar bem que cobertura adicional ao seguro obrigatório vai precisar de contratar. Considere as suas necessidades nestes 4 pontos.

1. Valor do automóvel

Este é um critério fundamental a ter em conta quando se escolhe um seguro. Um condutor que investe num carro novo, sobretudo se for um automóvel com um preço mais elevado, deve pensar em contratar um seguro mais abrangente, pelo menos durante os primeiros anos do automóvel.

2. Uso dado ao automóvel

O seguro automóvel contra todos os riscos e a escolha das respetivas coberturas também vai depender do uso que der ao seu carro. Um carro de garagem que faça poucos quilómetros por dia estará, provavelmente, maioritariamente assegurado com um seguro de responsabilidade civil.

Um automóvel que faça muitos quilómetros por dia está mais sujeito a acidentes e outros problemas, pelo que pode fazer sentido contratar um seguro que abranja mais situações de risco.

3. Zona em que reside

Porque é que a zona de residência é um fator tão importante quando se considera um seguro automóvel contra todos os riscos? Porque este tipo de seguro protege-o contra, por exemplo, condicionantes meteorológicas ou roubos e quebra isolada de vidros.

Se o condutor residir numa área que costuma ser fustigada por incêndios florestais, que é propensa a cheias, furacões ou outros fenómenos naturais, faz sentido contratar um seguro mais completo.

Outra situação em que este tipo de proteção é útil, é no caso de não estacionar o carro numa garagem ou de se deslocar frequentemente em zonas perigosas ou onde ocorram furtos e/ou vandalismo com frequência.

O seguro contra todos os riscos também é útil no sentido de cobrir os danos feitos pelo próprio e a quebra isolada de vidros.

Explore a gama Honda

Antes da aquisição de um seguro, a escolha do carro é a primeira grande decisão. Aproveite para explorar a gama da Honda, como o Honda e, o Honda Jazz Hybrid, o Honda Jazz Crosstar Hybrid, o icónico Honda Civic e o Honda CR-V.

Descubra a nossa gama completa e dê mais emoção à sua vida, ao volante de um Honda.

 

 

 

Honda Portugal Automóveis
Honda Portugal Automóveis A Honda chegou a Portugal em 1968, preparada para conquistar os portugueses com a sua inovadora tecnologia e os melhores e mais fiáveis automóveis. Com uma longa história de sucesso no nosso país, a Honda conquistou uma verdadeira comunidade de fãs, que reconhecem na marca a fiabilidade, segurança e tecnologia que nos caracterizam. A competição e a performance estão no nosso ADN e é por isso que, diariamente, continuamos a trabalhar para que todas as viagens sejam verdadeiramente emocionantes. Ver perfil

Siga-nos no Instagram

@honda.pt