Resultados
Marca

Do Insight ao Jazz. Conheça a história da tecnologia híbrida da Honda

hibridos honda jazz

Automóveis elétricos, tecnologia híbrida… Estes termos podem parecer recentes, mas a verdade é que a caminhada “eletrificada” da Honda, rumo à sustentabilidade automóvel, já começou há muito tempo.

Para conhecer a origem do compromisso da Honda por uma mobilidade sustentável é preciso recuar até há 20 anos atrás. Foi no início do milénio que o Honda Insight entrou no mercado – o primeiro carro híbrido dos mercados europeu e americano.

A aposta da tecnologia híbrida do Insight

A entrada no mercado do Honda Insight foi um marco na história automóvel. Esta primeira aposta da Honda, na eletrificação da gama, tinha um motor elétrico integrado que complementava o motor de combustão.

O lançamento deste modelo sucedeu a nove anos de trabalho de desenvolvimento do EV Plus, um modelo puramente elétrico. No final da década de 90 do século passado, o mercado ainda não estava preparado para um carro 100% elétrico.

Por isso, a Honda optou por unir o melhor da combustão com o melhor do elétrico: uma tecnologia avançada que contribuísse para a proteção do meio ambiente e redução de emissões.

conduzir honda híbrido

Passos firmes na tecnologia híbrida

A partir de 2002, apenas três anos depois do lançamento do Insight, a Honda trabalhou no sentido de eletrificar o seu modelo mais popular, o Honda Civic.

O Honda Civic IMA, mais tarde conhecido como Honda Civic Hybrid, integrava o motor elétrico num design clássico e chamativo.

A reinvenção do híbrido Honda Insight

Os anos de desenvolvimento no campo da tecnologia híbrida tiveram frutos. Com a reinvenção do híbrido Honda Insight em 2009, o condutor pôde usufruir de uma condução mais económica e dinâmica. O Insight passou de um coupé de dois lugares, para um cinco portas com um espaço de mala generoso.

O amor da Honda pela competição desportiva contribuiu para que o primeiro modelo da categoria surgisse passado pouco tempo. O Honda CR-Z trouxe incorporado um motor a gasolina de maior cilindrada, com aceleração dos 0 aos 100 km/h em 9 segundos, capaz de enfrentar os desafios de direção dos condutores mais audazes, em 2010.

2011 – 2016: a chegada ao topo

Cada vez mais novos modelos se foram adaptando à tecnologia híbrida. Desde a segunda geração do Honda Jazz, em 2011, que se adaptou muito bem ao trânsito urbano, até à versão híbrida plug-in do Clarity.

O grande objetivo e vitória da equipa de desenvolvimento da Honda foi adaptar-se a qualquer uso possível. Sucederam-se as gerações híbridas do Civic, Accord e Jazz, até à eletrificação do superdesportivo NSX, um ícone da marca nipónica.

O NSX híbrido incorporou um motor elétrico para controlar as rodas traseiras e dois no eixo dianteiro, com consumo equivalente a um quatro cilindros.

2019 – Presente: de olhos postos no futuro

A Honda continua dedicada a alcançar a “Visão Elétrica” em 2022, com o compromisso de eletrificar toda a sua gama .O Honda CR-V Hybrid ultrapassou todas as expetativas. Tornou-se num exemplo claro do híbrido no seu melhor.

No CR-V, a Honda aplica a tecnologia inteligente Multi-Mode Drive (i-MMD), com dois motores elétricos. Um deles atua como gerador, outro como impulsionador, o que permite ao automóvel entrar em modo elétrico puro, graças à bateria de iões de lítio. Também pode trabalhar com o motor de combustão e, claro, como híbrido.

pormenor traseira CR-V Hybrid

A este grande êxito, junta-se também a nova geração do Honda Jazz e o Crosstar Hybrid. Os três modelos lideram a missão de mudança, rumo a uma mobilidade mais verde e sustentável.

A tecnologia híbrida do novo Jazz, que também está disponível no Crosstar, é conhecida como e:HEV. Esta tecnologia oferece uma combinação excecional de rendimento, potência, consumo e eficácia em todas as condições de condução com que se possa deparar.

Um badge e:HEV identifica um automóvel projetado para oferecer uma experiência de condução agradável. É composto por dois motores elétricos compactos e potentes, ligados a um motor a gasolina DOHC i-VTEC de 1,5 litros, uma bateria de íon-lítio e uma inovadora transmissão. Em conjunto, funcionam harmoniosamente, respondendo suave e diretamente ao condutor.

O objetivo apontado para 2022 está cada vez mais próximo de ser atingido, com a chegada do Honda Jazz, do Honda Crosstar e do 100% elétrico Honda e. Passo a passo, a meta está cada vez mais próxima no caminho da Honda para ao futuro. À espera dos próximos modelos para promover o sucesso com o apoio da tecnologia híbrida, a contagem decrescente para uma mobilidade mais segura, flexível e de baixa emissão está em andamento há muito tempo.
Honda Portugal Automóveis
Honda Portugal Automóveis A Honda chegou a Portugal em 1968, preparada para conquistar os portugueses com a sua inovadora tecnologia e os melhores e mais fiáveis automóveis. Com uma longa história de sucesso no nosso país, a Honda conquistou uma verdadeira comunidade de fãs, que reconhecem na marca a fiabilidade, segurança e tecnologia que nos caracterizam. A competição e a performance estão no nosso ADN e é por isso que, diariamente, continuamos a trabalhar para que todas as viagens sejam verdadeiramente emocionantes. Ver perfil

Siga-nos no Instagram

@honda.pt