Resultados
Racing

O mítico Red Badge: Honda Civic Type R

Honda Civic Type R

Com uma forte ligação ao mundo da competição, a Honda deixou a sua marca no mundo dos automóveis desportivos com a criação daquele que é um dos modelos mais icónicos de sempre: o Honda Civic Type R.

Da pista para as estradas

Mais de um quarto de século depois de ter sido criado, o Honda Civic Type R continua a ser uma referência entre os melhores automóveis desportivos. Type R, com o seu R atribuído a Racing, é uma das designações que mais emoções desperta nos fãs da Honda, já que o Type R representa, em pleno, o espírito de competição e emoção da marca.

Honda Civic Type R

Este automóvel desportivo surgiu, pela primeira vez com esta designação, em 1992, enquanto Honda NSX Type R MK1. O objetivo da Honda era, então, desenvolver um automóvel mais eficaz em pista e com uma performance ainda mais surpreendente. Para isso, os engenheiros da Honda viriam a integrar um incrível motor de 280 cv, V6 de 3.0 litros.

A equipa da Honda apresentou como principais desafios a redução do peso e o aumento da potência, sem, com isto, prejudicar a resposta e estabilidade dinâmica do seu automóvel desportivo. Para tornar este cenário possível, trabalharam num programa especial de redução de peso, que levou a que conseguissem retirar cerca de 120 kg do modelo, quando comparado com o Honda NSX original. Isto implicou não só mudanças estruturais como afetou os materiais interiores, conduzindo, por exemplo, ao aparecimento dos bancos Recaro, compostos por materiais mais leves, em vez dos conhecidos bancos de couro do NSX. Foi também a primeira vez que a Honda disponibilizou um automóvel com os estofos a vermelho e a branco, cores utilizadas pela marca nas provas de competição de Fórmula 1, através do seu RA271.

Em 1995, o mundo conheceu a primeira geração do Honda Integra Type R. Esta versão seria a responsável por apresentar o Honda Type R a um público mais alargado, com o seu caraterístico motor 1.8 VTEC, de quatro cilindros e 200 cv de pura potência, com uma caixa manual de 5 velocidades.

O Honda Civic Type R como hoje o conhecemos

Depois de duas versões a apresentar o nome Type R ao mundo, em 1997 chegaria o primeiro automóvel com a nomenclatura pela qual, ainda hoje, é conhecido: o Honda Civic Type R (EK9).

O seu design e performance, baseados na sexta geração do Honda Civic, foram pensados para oferecer aos fãs da Honda um automóvel de estrada, também capaz de uma prestação incrível em circuito. Este modelo consegue acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 6.6 segundos e atingir uma velocidade máxima de 235 km/h.

Este automóvel possuía o primeiro motor atmosférico, o B16 de 1.6 litros, numa potência que consumia mais de 100 cv por litro.

Honda Civic Type R

Apesar de três versões com o nome Type R, só em 1998 é que o Honda Integra Type R chegou ao mercado europeu, com a versão 5 portas a chegar um ano depois. Já em 2000, chegava a segunda geração do Integra Type R e a segunda geração do Honda Civic Type R (EP3), totalmente construído na Europa.

Um Honda mais desportivo do que nunca

Em 2002 chegou também a segunda geração daquele que é, possivelmente, dos modelos mais raros da família Type R: o Honda NSX Type R. Sem perder nunca o seu espírito competitivo, o Honda Type R apresentou-se com um perfil que privilegiava a fibra de carbono, já que este material permite a redução de peso.

Já em março de 2007, o Honda Civic Type R (FN2) surgiu com 3 portas e um motor 2.0 VTEC, de 201 cv. Mas as alterações não se ficavam por aqui. Devido ao sucesso deste modelo, em 2015 a Honda apresentou um novo Honda Type R.

Civic Type R

Carregado de novidades técnicas, a nova versão teve como destaque o mais recente motor da marca: o VTEC Turbo, que permitia uns inacreditáveis 310 cv. Mas as novidades não ficaram por aqui, já que, em 2017, a Honda reformulou, quase na sua totalidade, o Honda Civic Type R.

Numa nova versão concebida para oferecer uma experiência de condução única, a Honda conseguiu sempre manter o Civic Type R como um automóvel criado para a pista e para a estrada. Com um design cada vez mais aerodinâmico, o Honda Civic Type R tem um estilo único e inconfundível. Mesmo no interior, tudo foi pensado para transportar para uma experiência de condução desportiva, com os bancos tipo backet, acompanhados de um motor VTEC Turbo de 2.0 litros, com 320 cv, e três modos de condução.

Type R#18: uma edição muito especial

O ano de 2018, fica marcado pela apresentação ,por parte da Honda Portugal Automóveis, de uma versão única do mítico Type R, que representou a primeira variante deste modelo a ser realizada em todo o mundo: o Honda Civic Type R #18, numa justa homenagem ao piloto português de WTCR, Tiago Monteiro, embaixador da marca em Portugal.

Numa versão limitada a 18 unidades, o Honda Type R #18 presenteou-nos com vários pormenores únicos, como, por exemplo, a cor Championship White – marcada por pormenores vermelhos nas capas de espelho -, um escape Remus de três ponteiras, para uma imagem ainda mais desportiva, e presença de diversos apontamentos oficiais do piloto.

Honda Civic Type R Edição Especial

A história do Honda Civic Type R promete continuar a marcar a vida de todos os seguidores da marca, para mais versões e cada vez mais novidades que transportem o sentimento de uma pista de competição para as estradas do dia a dia.

Honda Portugal Automóveis
Honda Portugal Automóveis A Honda chegou a Portugal em 1968, preparada para conquistar os portugueses com a sua inovadora tecnologia e os melhores e mais fiáveis automóveis. Com uma longa história de sucesso no nosso país, a Honda conquistou uma verdadeira comunidade de fãs, que reconhecem na marca a fiabilidade, segurança e tecnologia que nos caracterizam. A competição e a performance estão no nosso ADN e é por isso que, diariamente, continuamos a trabalhar para que todas as viagens sejam verdadeiramente emocionantes. Ver perfil

Siga-nos no Instagram

@honda.pt